Gestores eleitos da rede municipal de ensino tomam posse

Mais de 90% dos diretores continuarão nos cargos pelos bons serviços prestados

Em parceria com a Associação dos Gestores de Imperatriz, a Secretaria Municipal de Educação, realizou entrega dos termos de posse de 64 diretores de escolas da rede municipal de ensino. A solenidade ocorreu no hotel New Anápolis e contou com presença do secretário de Educação, Josenildo Ferreira, da secretária adjunta, Genilza Sipião, do chefe de gabinete, Marcelo Moreno e convidados.

Escolhidos por meio de eleição em dezembro passado, com registro de voto de servidores, alunos e comunidade, gestores atuarão em seus locais de candidatura, por três anos, 2018/2020. Mais de 90% dos diretores foram reeleitos.

Escolhidos por meio de eleição em dezembro passado, diretores atuarão por três anos (Foto: Edmara Silva)

“Os gestores foram eleitos numa lista tríplice. Tínhamos a opção de indicar um nome e a minha resposta foi indicar quem ganhou em primeiro lugar, pois não iríamos interferir nisso. Inúmeros foram os pedidos e apesar de ser legal, seria injusto com aqueles que ganharam por mérito” – declarou o prefeito Assis Ramos sobre o processo eleitoral.

De acordo com secretário municipal de Educação, Josenildo Ferreira, a eleição ocorreu de forma clara e sem envolvimento do poder público. “Oferecemos todo o auxílio ao Conselho Municipal de Educação no processo eleitoral, mas sem gerência. Além disso, os gestores foram escolhidos pelo resultado positivo, que nada mais é que reconhecimento do trabalho desenvolvido e foram reeleitos pela dedicação à carreira que escolheram. Desejo muito sucesso na gestão” – parabenizou.

Cleomar Conceição, presidente da Associação dos Gestores e diretora da Escola Municipal Wady Fiquene, afirma que o evento de posse foi “um momento muito importante, porque reafirma o trabalho prestado à comunidade, na atenção especial aos alunos. A eleição foi uma resposta das pessoas”.

Fabiana Vieira Portugal, da Escola Municipal Edelvira Marques, eleita pela primeira vez, fala do sentimento de receber a posse. “Apesar de ter sido a única candidata, concorrer com o não é ainda mais difícil, porque em uma eleição, apesar do trabalho bem feito junto à comunidade, a gente nunca sabe se está agradando. Mas foi confiando na seriedade do meu trabalho e no tratamento com as famílias, que consegui 97% dos votos” – frisou.

ASCOM/PMI

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *